Categorias
Poesia Wender Lucas Fernandes

POESIA: CIGARRO

DE: WENDER LUCAS FERNANDES

Fumo enrolado no papel sedoso
O fogo queimando na ponta acesa
A fumaça sumindo em meio aos cantos
E na mente o efeito gerando certezas.

Acende teu cigarro sabor amargo
Preenche o momento com teu escarro
Relaxa teu corpo com a tragada amiga
Afoga teus pensamentos e tua vida.

Enrola teu cigarro com amor e cuidado
Finaliza-o mostrando teu afago
Acende o teu ponto de partida
E aproveita sem moderação a tua viagem de ida.

Uma resposta em “POESIA: CIGARRO”

Noto que o autor deste poema dialoga com o grande poeta Augusto dos Anjos (Versos íntimos, tercetos). Mais que dialogar, se inspira na intimidade dos versos perversos angustiados de Augusto para compor os seus próprios.

Deixe uma resposta