Categorias
Mayanna Velame Poesia

POESIA: EIXOS

DE: MAYANNA VELAME

O mundo

Mudo.

Apenas rodopiou.

Fora dos eixos,

Entregou-se à gravidade.

Uma resposta em “POESIA: EIXOS”

Deixe uma resposta