Categorias
Malinga Dambo Poesia

POESIA: CRIATURA DO MISTÉRIO

DE: MALINGA DAMBO

Bem ali, naquela estrutura acidentada,

Elevações e curvas salientes na volúpia,

Limites macios e fossos diamantinos

Instigando o delírio da fraca carne.

Tacteio a fenda no disfarce do escuro,

Aconchegando-me ao prazer do doce mistério.

Uma resposta em “POESIA: CRIATURA DO MISTÉRIO”

Deixe uma resposta