POESIA: CALIGRAFIA DE SANGUE

Proibido de escrever

Escondia-se na penumbra

Regia a pena unindo formatos

Escrita de letras – desafio

Linhas tortas- inevitáveis do manuscrito cego

Conduzia o pensamento 

– endereçado

Descoberto seu refúgio 

Teve dedos das mãos amputados.

Enquanto não era aprisionado,

Deixava suas últimas palavras 

Mensagem de sangue 

– caligráfico

2 comentários em “POESIA: CALIGRAFIA DE SANGUE

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: