Categorias
Carolina Rieger Poesia

POESIA: FOME

DE: CAROLINA RIEGER

O mundo é pálido e mudo

Enverga sob o peso do vazio

Nada ter

E ter essa sensação sem fim.

2 respostas em “POESIA: FOME”

Deixe uma resposta