POESIA DAS ERAS

É um desafio diário abraçar

o eu que habita o âmago

e permitir que a sua essência

flua l i v r e m e n t e.

Entretanto,

ser ferida pelos espinhos

é algo efêmero

quando comparado ao deleite

de rimar à flor da pele,

sentindo o lirismo

que a natureza

sopra no andarilhar

de cada verso

ecoado de mim

para mim mesma.

Eu acredito piamente

que A Poesia das Eras

nos privará

do Hediondo Findar

que nos aguarda

à espreita

de um amanhã

em iminente

desabrochar.

2 comentários em “POESIA DAS ERAS

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: