GRAN FINALE (A MORTE EM TRÊS ATOS)

Eis que o homem ordenou e estabeleceu-se o silêncio.

Foi então que águas e ventos selvagens chegaram com a relva da manhã

E foi ordenado que seus semelhantes rastejassem em súplicas e lamentos

E os mandamentos foram negados e todos os males foram rogados em firmamentos
resignados

E o dia não era mais dia, pois enquanto as entranhas eram comidas, uma nuvem preta surgiu
como pássaros e a noite fez-se sozinha antes mesmo do relógio marcar meio dia.

Que bom que acabou.

Que bom que eu morri.

Um comentário em “GRAN FINALE (A MORTE EM TRÊS ATOS)

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: