POESIA: TIJOLO INTERNO

Olho para o espelho

E o que vejo é difícil de encarar

Um reflexo marcado pelas lembranças

Pelas heranças do passado

O que assusta não está na pele

Não são as linhas de expressão

As rugas na testa

Ou o franzir dos lábios

O que mais gera medo

É o peso de tudo

O que ele carrega por dentro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site desenvolvido com WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: