POESIA: RENDER-SE

Cair
Desvanecer
Feito areia em um deserto
Encarar o vazio
O quente e o frio
Sangrar
Escorrer
Feito ampulheta
Contando o tempo
Encarar o destino
O medo
A aflição
E render-se a tudo

Ou a nada

2 comentários em “POESIA: RENDER-SE

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: