Entrevista com Tim Soares

Nosso entrevistado da vez é o nosso editor chefe. Fã de Bukowski e da geração Beat. Com vocês, Tim Soares.

Tim Soares é paulista de São Bernardo do Campo e publica poemas e contos desde 2010. Frequentador do infame Bar do Escritor, desenvolveu sua escrita com os valiosos conselhos dos saudosos Véio China e Bento Calaça. Teve seu poema de estréia “Brick-a-brack” declamado na rádio senado ainda em 2010. Participou de inúmeros projetos literários ao longo dos anos como o projeto “Um poema em cada árvore”, o projeto “Palavra Porrada” inúmeras antologias poéticas, conquistando menção honrosa no concurso nacional novos poetas em 2016. Idealizou e editou as duas primeiras antologias de Ecosys, estilo poético experimental criado pela escritora Sys Sabino. Em 2020 ingressou como um dos primeiros membros do Corvo Literário, onde hoje atua como editor chefe e na criação de desafios literários semanais para os membros do coletivo. É autor do romance “Os últimos dias de Rob Sheppard”, a coletânea “Contos curtos”, do conto “A gata preta” e de sete livretos de poemas.

1- Como e quando foi o seu primeiro contato com a escrita?

R: Na escola. Lembro de ter que escrever um artigo para a aula português. Escrevi um artigo sobre música que ficou tão bom que minha professora achou que fosse plágio. Foi a partir daí que passei a escrever letras de músicas e poemas.

2- Quais os artistas que inspiram o seu trabalho?

R: A lista é bem grande. Na literatura, os escritores da geração beat. Jack Kerouac, Allen Ginsberg, Gregory Corso, William Burroughs. A escritora argentina, Pola Oloixarac (minha musa literária, kkkkkkkkk), Oscar Wilde, o mestre Charles Bukowski, Irvine Welsh, Waly Salomão, Paulo Leminski, Torquato Neto. Na música (essa grande fonte de inspiração), Zé Ramalho, Tom Zé, Flea. Nas artes visuais, Salvador Dali. Tenho bebido muito de escritoras do meu círculo de amizades. Cai Duarte que escreve com uma voracidade selvagem, Talita Bueno e Larissa Vaz.

3- Qual o seu método de criação?

R: Estou sempre atento a tudo que está ao meu redor, pois qualquer coisa pode acender aquela lâmpada na nossa cabeça. Quando uma ideia vem até mim, deixo maturando ela na minha cabeça antes de passar para o papel. Estou sempre experimentando novos métodos de criação, mas no geral é dessa forma.

4- Qual o seu gênero literário favorito?

R: Gosto da literatura marginal. Dedo no cú e gritaria. Hahaha.

5- O quê está lendo ultimamente?

R: Terminei a biografia do Flea e agora estou lendo Guerra e Paz do Tolstói.

6- Conte sobre os seus projetos

R: Estou escrevendo um livro sobre as aventuras da paternidade. Em paralelo, compilando algumas coisas que escrevi em 2022 para lançar meu oitavo livreto de poemas. Junto com a Sammy Riether, estou lançando um selo de publicação, tenho a ideia de para o ano que vem, lançar algumas músicas instrumentais que estou produzindo e também estou sempre tendo alguma ideia para o Corvo Literário.

7- Como você vê a literatura no Brasil atualmente?

R: Acho que finalmente estamos caminhando na direção correta. A internet hoje é uma ferramenta eficaz para divulgação dos escritores independentes e possibilita uma maior proximidade, possibilitando assim, parcerias e projetos bem interessantes.

8- Cite 3 escritores brasileiros em atividade que você admira?

R: Larissa Vaz (sou o fã número 1), Cai Duarte
e Alice Alba.

9- Livro físico ou digital?

R: Físico sempre.

10- Qual pergunta ausente nessa lista que você gostaria de responder?

R: Se os humanos dormem de conchinha, as conchinhas dormem de quê? Kkkkkkkkk

11- Faça suas considerações finais ou deixe uma mensagem.

R: O mundo sempre vai precisar da arte e do artista.

4 comentários em “Entrevista com Tim Soares

Adicione o seu

  1. O Tim dispensa comentários. Uma criatividade ímpar, penso que a mente fica vinte e quatro horas idealizando coisas novas. Parabéns pela entrevista.

    Curtir

    1. Tento participar de o máximo de coisas possíveis. Aprendi muita coisa com todos esses projetos. Isso sem falar que conheci muita gente talentosa nesses anos todos.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site desenvolvido com WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: