POESIA: ÊXTASE

DE: HANNAH CARPESO

POESIA: QUE VONTADE

DE: HANNA CARPESO QUE VONTADE Que vontade de me esparramar na grama Roçar na relva, sujar-me de terra Que vontade de me lambuzar de folhas Cobrir-me de flores e perfumada ficar Que vontade de voar com as abelhas Pousar nas floreiras e o mel  degustar Que vontade de rolar pelo monte Ralando entre  pedras Que não... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑