POESIA: A DOR DA NÃO DESPEDIDA

DE: HANNAH CARPESO Homenágem à Maria Candida

Site desenvolvido com WordPress.com.

Acima ↑